Vila Real conta com Programa de Preservação da Biodiversidade

O município de Vila Real preside um novo programa a pensar na sua cidade e nos vila-realenses. É o Programa de Preservação da Biodiversidade de Vila Real  (PPBVR)  que pretende contribuir para travar a perda da biodiversidade no território do concelho, promovendo ao mesmo tempo o seu valor intrínseco, sobretudo a sua mais-valia patrimonial.

O Plano de Preservação da Biodiversidade de Vila Real, engloba dois projectos: o “Seivacorgo”, que actua na área da Rede Natura 2000 – sítio Alvão/Marão e nos rios e ribeiros do concelho, e o “Proteger é Conhecer” cuja área de intervenção é o Parque Natural do Alvão. Estes projectos, aprovadas pelo Programa Operacional Regional do Norte, contam com a parceria de diversas entidades, que estiveram envolvidas activamente na construção das candidaturas aprovadas com distinção e mérito. Essa participação, na fase de planeamento, foi um dos requisitos fundamentais para a obtenção daquele resultado, “já que os diversos contributos permitiram construir um projecto mais robusto e completo, incorporando uma visão abrangente de uma actuação que engloba várias acções” relata Sofia Neto, da Coordenação do Programa de Preservação da Biodiversidade de Vila Real, que acrescenta ainda que essas acções baseiam-se na investigação (monitorização de espécies), em medidas de gestão para a preservação das espécies, em medidas de sensibilização da população para a riqueza patrimonial de Vila Real e medidas de promoção do desenvolvimento local e rural, baseadas na biodiversidade.

Para Sofia Neto este programa tem um enorme impacto a vários níveis desde a compilação da informação do estado de conservação das espécies listadas no sítio de interesse comunitário Alvão-Marão, até ao envolvimento da população no desígnio da preservação e valorização da biodiversidade.

Quando questionada se considera que os cidadãos estão sensibilizados para questões como a preservação do património natural, Sofia Neto responde dizendo que: “um dos objectivos do programa é a consciencialização da população local do elevado património biológico existente e as medidas de gestão dos respectivos habitats para travar a perda de biodiversidade”.

Quanto às actividades realizadas, estas têm tido um grande impacto nos cidadãos vila-realenses: “Uma das actividades, as Rogas dos Rios, limpeza de rios, que foram organizadas no âmbito deste programa e implementadas com os aderentes à Rede Local de Voluntariado Ambiental, tiveram um enorme sucesso. Os voluntários recolheram os resíduos ao longo do rio Olo, durante uma manhã”, afirma Sofia Neto

E conclui: “A resposta por parte dos cidadãos vila-realenses, tal como ao nível nacional é muito positiva.  Desde o arranque do programa que este tem vindo a ser notícia nos órgãos de comunicação local, regional e nacional”.

Com a implementação deste programa, toda a coordenação espera que os cidadãos venham a estar mais sensibilizados para a preservação do património natural.

Elisabete Teixeira

Anúncios

About Elisabete Pinto

Licenciada em Ciências da Comunicação Mestrado em Jornalismo Ver todos os artigos de Elisabete Pinto

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: