Geração rasca ou à rasca?

Crónica

Há quem classifique a nossa geração como rasca. Há quem diga que a nossa geração está à rasca. Sinceramente, se somos geração rasca, à situação em que o nosso país está, o devemos.
Senão vejamos. Quem não se identifica com a recente música dos Deolinda “Parva que sou”? Quer ver se se identifica? Então veja a letra.

Sou da geração sem remuneração
e não me incomoda esta condição.
Que parva que eu sou!
Porque isto está mal e vai continuar,
já é uma sorte eu poder estagiar.
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.
Sou da geração ‘casinha dos pais’,
se já tenho tudo, pra quê querer mais?
Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar
e ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.
Sou da geração ‘vou queixar-me pra quê?’
 alguém bem pior do que eu na TV.
Que parva que eu sou!
Sou da geração ‘eu já não posso mais!’
que esta situação dura há tempo demais
E parva não sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.

Eu identifico-me!
Pois bem, deixei um trabalho onde me pagavam para ir estagiar par um sítio onde não me pagam. Isto porquê? Pela simples esperança de começar a trabalhar na minha área: o mercado saturado do jornalismo.
E se queremos ganhar alguma experiência na área é mesmo isto que temos de fazer, já que no mercado de trabalho não aceitam recém-licenciados sem experiência. Mas se somos recém-licenciados como querem que tenhamos experiência? Dêem-nos uma oportunidade por favor! E isto não é um pedido, é um grito de desespero!
Os anos passam, e nós continuamos a trabalhar em tudo menos na área pela qual andamos a estudar durante anos.
Os anos passam, e nós continuamos a viver na casa dos nossos pais porque estar a estudar e a estagiar onde nem recebemos para suportar os custos de alimentação e transporte, sinceramente, não dá para sair da casa deles.
Os anos passam, e nós temos de adiar a compra de um carro mesmo em 2ª ou 3ª mão, o aluguer de um pequeno apartamento com que todos os jovens sonham para se tornarem independentes.
Os anos passam, e nós continuamos a adiar o casamento, a constituição de família…
Os anos passam, e entretanto damos por nós na casa dos 30, a viver ainda com os pais, a trabalhar precariamente fora da nossa área ou então a trabalhar na nossa área mas mal remunerado.

Geração rasca? Não. Nós estudamos durante anos para ter o tão desejado canudo, lutamos pelos nossos objectivos e não baixamos os braços mesmo que o que encontremos seja um trabalho numa dessas lojas num desses centros comerciais repletos de lojistas recém-licenciados. É a única solução encontrada para quem é rejeitado por ter habilitações a mais e para quem a única oportunidade que tem para trabalhar na área pela qual estudou, é um estágio não remunerado de 3 a 6 meses.
E por isto tudo, sim, somos uma geração à rasca e bem à rasca.

Anúncios

About Elisabete Pinto

Licenciada em Ciências da Comunicação Mestrado em Jornalismo Ver todos os artigos de Elisabete Pinto

One response to “Geração rasca ou à rasca?

  • Joana Pais

    Sou licenciada em Ciências da Comunicação e estou neste momento a frequentar o Mestrado em Comunicação e Marketing. Sei que quando me atirar para a «selva» do mercado de trabalho não vai ser fácil e provavelmente nem sequer vou conseguir um trabalho na minha área e adequado às minhas qualificações. Sinceramente, até tenho medo de começar a procurar emprego pois sei que os «não’s» vão ser muitos. No entanto, não me arrependo de ter ingressado no ensino de superior. Posso não conseguir o «emprego de sonho» que todos ambicionam mas ao menos essa formação e experiência de vida já ninguém me a pode tirar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: